Dom 28 Jan 16H00

TEATRO


ROMEU & JULIETA
Teatro Praga
[Comprar bilhete]
[+ info] [Enviar a um amigo]

PALCO |5€|3€ CRIANÇAS <12 ANOS, CARTÃO AMIGO, CARTÃO SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL


TEATRO| 75 MIN. | M/6


 Num ambiente divertido de uma cozinha dentro do palco, os atores guiam os jovens espetadores participantes pela história deste romance maldito, misturando-a com a feitura de um delicioso Cheesecake que leva o nome dos dois protagonistas shakespeareanos. A história, ora trágica ora cómica, é contada de forma lúdica através dos ingredientes e dos passos da receita do bolo.  Neste Romeu & Julieta, o drama confunde-se com o queijo Ricota, o sangue dos amantes é doce de Goiaba, as lutas de espadas fazem-se com espátulas e caçarolas e uma dentada numa bolacha Maria pode ser uma alternativa deliciosa para um coração partido. 


 Cláudia Jardim, Diogo Bento e Pedro Penim texto e criação, Cláudia Jardim e Diogo Bento interpretação, Andreia Carneiro produção, Alexandra Baião produção executiva, Teatro Praga, Maria Matos Teatro Municipal, Teatro Municipal do Porto, Teatro Viriato e Centro de Artes de Ovar coprodução, Maria Matos Teatro Municipal encomenda.


 [Espetáculo promovido pelo Cine -Teatro de Estarreja]

Teatro Praga
Sb 10 Mar 21H30

TEATRO


O SENHOR IBRAHIM E AS FLORES DO CORO
TEATRO MERIDIONAL
[Comprar bilhete]
[+ info] [Enviar a um amigo]

AUDITÓRIO 5€|3€ (CARTÃO AMIGO, CARTÃO SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL)


TEATRO | 105 MIN | M/12


Em Paris, nos anos 60, Momo, um rapazinho judeu de onze anos, torna-se amigo do velho merceeiro árabe da rua Bleue. Mas as aparências iludem: o Senhor Ibrahim, o merceeiro, não é árabe, a rua Bleue não é azul e o rapazinho talvez não seja judeu.


Eric-Emmanuel Schmitt é um dos dramaturgos de língua francesa mais lidos e representados no Mundo. Os seus livros foram traduzidos para 43 línguas e as suas peças são representadas regularmente em mais de 50 países. Continua a escrever imparavelmente – muitas vezes ao ritmo de uma peça ou mais por ano. Em 2000 recebeu o Grande Prémio de Teatro da Academia Francesa, pelo conjunto da sua obra teatral, e em 2004 o Grande Prémio do Público, em Leipzig.


Eric-Emmanuel Schmitt texto Carlos Correia Monteiro de Oliveira tradução, Miguel Seabra versão cénica e encenação, Miguel Seabra e Rui Rebelo interpretação, Marta Carreiras e Miguel Seabra espaço cénico, Marta Carreiras figurinos, Rui Rebelo música original e sonoplastia, Miguel Seabra desenho de luz, Marta Carreiras, Nuno Figueira fotografia, Marco Fonseca assistência de cenografia e construção de adereços,   Marco Fonseca montagem, Paulo Gomes (2017) e Nuno Figueira (2012, 2013) operação de luz, Nuno Figueira (2012, 2013) assistente de produção Susana Monteiro (2017), Rita Conduto (2017) e Natália Alves (2012, 2013) produção executiva Teatro Meridional produção, Miguel Seabra e Natália Luiza direção artística do teatro meridional


[espetáculo promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]

TEATRO MERIDIONAL
Qui 29 Mar 21H30

TEATRO


CRCERE
Com Vincius Piedade
[Comprar bilhete]
[+ info] [Enviar a um amigo]

PALCO | 5€ | 3€ (CARTÃO AMIGO, CARTÃO SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL)


TEATRO| 75 MIN. | M/14


 Eu preferia tocar piano e dizer o que tenho pra dizer em ritmo e disritmia, mas como aqui não tem piano eu escrevo, mesmo sem saber fazer poesia”.


Reflexão sobre a liberdade através dos olhos de um pianista privado da mesma, e do seu piano, a partir da teatralização do seu diário escrito, enquanto esteve preso, numa semana em que viveu uma espécie de contagem regressiva. Após ter tentado viver da sua arte e confrontado com imensas dificuldades, acaba por aceitar o convite de um “amigo” que lhe oferece um “biscate” de venda de drogas, aproveitando o facto de ter contato com muitas pessoas nos bares onde toca.


Vinicius Piedade direção, iluminação, interpretação, texto, Saulo Ribeiro texto, Manuel Lima banda sonora original, Ana Maria Piedade figurinos, Valmir de Lara fotografia


[espetáculo promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]

Com Vincius Piedade