PROGRAMAÇÃO CULTURAL DO CINE-TEATRO DE ESTARREJA

O Cine-Teatro de Estarreja reabriu no dia 18 de Junho de 2005 com a premissa de se tornar um local de encontro, de oferta cultural diversificada, de aprendizagem, de discussão, de apoio aos eventos e artistas da comunidade, de cruzamento de propostas e formas de criação artística.

A programação de espectáculos é o aspecto mais relevante para o público. Visando o desenvolvimento de públicos (sua captação, qualificação e fidelização), a programação do Cine-Teatro conta prioritariamente com propostas culturais enriquecedoras ao nível individual e colectivo (evitando pactuar exclusivamente com a facilidade de determinados produtos culturais, ainda que assumam largas audiências), devidamente complementadas com actividades paralelas (workshops, colóquios, exposições, etc.).

Esta programação, apesar de aparentemente aleatória, tenta ser realizada com sentido de oportunidade, e sempre que possível integrada em redes de programação que permitam racionalizar os custos envolvidos. Assim, evitando que a programação não seja apenas uma manta de retalhos sem sentido, promove-se no Cine-Teatro a realização dos seguintes principais eventos ao longo do ano:

- Só(r)Rir – Festival de Humor  – ocorre em Fevereiro/ Março no seguimento do calendário do tradicional Carnaval de Estarreja;

Pedro Tochas e Tangos & Tragédias, no Só(r)Rir 2007

- FesTeatro – Festival de Teatro  – ocorre em Abril/ Maio, após a Páscoa, com o objectivo de trazer teatro de qualidade a Estarreja;

Teatro-Ópera Auto da Fonte dos Amores, no FesTeatro’06

- EstarreJazz – Festival de Jazz de Estarreja – ocorre em Novembro;

Concerto de encerramento do Workshop EstarreJazz 2006, com Carlos Azevedo na direcção

- OuTonalidades  – integração do Bar CTE no circuito regional de música ao vivo nos bares, uma parceria do Cine-Teatro com a D’Orfeu – Associação Cultural, que se inicia em Outubro e prolonga até Dezembro.

Toques do Caramulo no Bar CTE, no OuTonalidades’05

Também são integrados vários espectáculos na programação regular do Cine-Teatro decorrentes de ciclos programáticos do Município, como sejam as tradicionais Festas de Sto. António, da Cidade e do Município de Estarreja, em Junho; a Festarreja – Festa das Artes e da Juventude, que se realiza em Setembro; ou o Festival Sénior, que se realiza em Outubro, entre outros.

Os próximos anos seguirão a mesma tónica na consolidação de uma actividade regular e consistente com os princípios atrás referidos. Isto é, a realização de uma programação com sentido de oportunidade, desafiadora para o público, capaz não só de o atrair mas também de o qualificar e fidelizar. No entanto, como também a mudança é parte deste processo poderão no futuro ser introduzidos novos conceitos programáticos, como por exemplo sucedeu no início de 2007 com o ciclo Concertos Íntimos, que compreendeu três grandes espectáculos musicais espaçados no tempo. Com o objectivo de fidelização à casa, disponibilizou-se a compra em pacote de entrada para mais do que um espectáculo com evidentes benefícios ao nível do custo. Esta aposta nestes grandes espectáculos adveio da constatação do enorme poder de captação do Cine-Teatro para uma vasta região, conjugada com a capacidade que a arquitectura do espaço tem de oferecer grande intimidade entre o público presente e os artistas.

Sérgio Godinho e Sara Tavares, no ciclo Concertos Íntimos 2007

Além de espectáculos, o cinema ocupa os Domingos e Segundas-feiras com um Filme em Cartaz, e as Sextas-feiras com um Filme Alternativo.

No primeiro domingo de cada mês, promove-se uma sessão de cinema para a infância / família, e no terceiro domingo de cada mês um sessão de cinema sénior, com grandes clássicos da sétima arte. É intenção do Cine-Teatro extrapolar o sucesso destas iniciativas, porque de carácter mediático relativamente fácil e acessível, para a apresentação de artes de palco também elas dirigidas a estes públicos, impulsionadoras de um mais consistente desenvolvimento de hábitos culturais.

O Cine-Teatro, além dos espectáculos e da exibição de filmes, desenvolve um conjunto de actividades reunidas sob o mote de Serviço Educativo. O Serviço Educativo tem por finalidade desenvolver hábitos culturais através de estratégias lúdico-pedagógicas. A partir do conceito, do espaço e da programação do Cine-Teatro, este serviço pretende estimular competências criativas, críticas e expressivas no mundo das artes para novos públicos. A Formação Contínua de Teatro/ Espressão Dramática, a realização de Workshops, Visitas Guiadas, etc. são alguns exemplos dessas actividades, para além dos espectáculos e exibição de filmes que regularmente são propostos a estes novos públicos.

Toda esta formulação conceptual da programação, realizada com sentido de oportunidade no espaço e no tempo, é essencial para através de diferentes propostas artísticas, criar permanente diálogo entre artistas e públicos conduzindo-os à descoberta e aprendizagem de novas linguagens, novas emoções.

Nesta nova fase de funcionamento, o Cine-Teatro tem conseguido desenvolver uma actividade regular, consistente e com uma crescente captação de públicos. A marca qualidade, a par com a regularidade de apresentação de propostas é o ponto fundamental não só da captação de público, mas também da sua qualificação e fidelização. Acresce a oferta de actividades paralelas (workshops, colóquios, exposições, etc.) que tem por finalidade precisamente desenvolver hábitos culturais através de estratégias lúdico-pedagógicas.

O Cine-Teatro de Estarreja é para todos, embora não seja, evidentemente, para todos ao mesmo tempo. A oferta é variada e diversificada visando precisamente atingir diversos públicos-alvo diferentes em momentos também eles diferenciados.

Têm-se realizado inúmeros eventos entre sessões de cinema - Filme em Cartaz e Filme Alternativo - e espectáculos de diferentes formas de arte de palco, seja o teatro, a música, a dança, o novo circo, incluindo as diferentes facetas de cada uma destas áreas – da produção amadora à vanguarda, do tradicional ao erudito, do clássico ao contemporâneo, e envolvendo regularmente as colectividades locais.

O Cine-Teatro reforça Estarreja no mapa cultural nacional e são exactamente cada vez mais as cidades médias, que revelam capacidades de uma apropriação justa das suas iniciativas, as fomentadoras da cultura como um motor de desenvolvimento integrado e sustentado, transversal a todos os sectores da sociedade.

Setembro de 2007
Pedro Gonçalves Fernandes
Programador e Gestor Cultural

REMODELAO TCNICA

Todos os equipamentos de mecânica de cena propostos foram projectados exclusivamente para o tipo de solução adoptada para a especificidade deste edifício reconstruído para o efeito. Uma sintonia total entre o projecto, fabricação, montagem e instalação dos equipamentos permitiu uma solução de excelente qualidade e de um funcionamento optimizado prático e eficiente. Máquinas de Precisão, Lda. proporcionou os meios humanos e a correspondente experiência para garantir esta coesão necessária. Este projecto apresenta uma solução de forma a contemplar a versatilidade dos tipos diferenciados de espectáculos, i.e., Teatro, Música, Cinema, Vídeo, Dança, Canto, etc., bem como o seu funcionamento como Auditório, garantindo a sua funcionalidade e segurança para os fins a que se destina.

Com equipamentos e infra-estruturas instalados de qualidade, ilustra o indicado anteriormente, nomeadamente:

  • Instalada uma Teia e Contra Teia com capacidade para qualquer utilização das cargas das infra-estruturas actuais e de possível expansão;
  • Sistemas de varas manuais para instalação da cena preta;

  • Sistema de contrapesagens que permite uma variedade de utilizações quer na iluminação quer em cenários;
  • Sistemas de varas motorizadas que dá a este Auditório uma versatilidade moderna e eficiente;
  • Iluminação cénica de grande variedade e capacidade, com controle computorizado de programação;
  • Projectores para função de Fresnel, Plano Convexo, Spot, Ciclorama e Follow Spot;
  • Infra-estruturas electrificadas distribuídas pela área cénica dando grande versatilidade e iluminação para qualquer espectáculo pretendido;
  • Écran móvel de fácil utilização com dimensões adequadas para as projecções pretendidas;
  • Capacidade de exibição de filmes de 35mm nos formatos de Normal/Panorâmico - Vista VISION/Cinemascope; - Capacidade de descodificação de filmes gravados em DOLBY ''A”, "SR" e Digital EX e sonorização a 8 Canais;
  • Capacidade de projecção de vídeo com sinais provenientes de computadores, suporte digital vídeo (DVD), analógico S-VHS, VHS e TV;
  • Capacidade de realização de conferências com sistema de tradução simultânea com capacidade de 2 línguas e 50 receptores e microfones emissores;
  • Capacidade para realização de som de pequenos espectáculos com microfones vocais e de instrumentos.

Junho de 2005
Máquinas de Precisão, Lda.