Sb 08 Fev 21H30

TEATRO | POESIA

PARA ATRAVESSAR CONTIGO O DESERTO DO MUNDO

[Comprar bilhete] [Enviar a um amigo]

AUDITÓRIO 5,00€ | 3,00€ (cartão amigo, cartão sénior e jovem municipal) | SESSÃO c/ lugares marcados


GÉNERO TEATRO | POESIA | 55 MIN | M/16


Para enfrentarmos juntos o terror da morte
Para ver a verdade, para perder o medo
Ao lado dos teus passos caminhe


A amizade de Sophia de Mello Breyner Andresen e Jorge de Sena é bem conhecida, até pelas cartas publicadas. Juntos, em separado, atravessaram o deserto de um país em ditadura. Sena exilou-se, Sophia ficou. Desse afastamento físico resulta a literatura epistolar da sua correspondência. Muito além da direta, há uma profunda correspondência de propósitos. A luta pela liberdade, pela ação, pela palavra. A Sophia é doce, mas não perdoa. Exige a verdade por inteiro para não habitar meio quarto. O Sena é duro e não perdoa. Lembra-nos os que foram estripados, esfolados, queimados, gaseados, e os seus corpos amontoados tão anonimamente quanto haviam vivido. Juntos, colocam-nos num lugar onde somos chamados a decidir, a questionar. Um lugar onde a indiferença se mostra imperdoável. Esta peça é um exercício de intertexto. Intertexto entre dois poetas, entre dois atores, intertexto de afetos e uma luta comum, entre o mundo que temos e o que queremos. 


Pedro Lamares direção, Lúcia Moniz e Pedro Lamares criação, dramaturgia e interpretação, Joaquim Madaíl direção técnica e desenho de luz, Maria Miguel Coelho produção e difusão, Casca de Noz projeto, Município da Sertã e Convento da Sertã Hotel apoio na residência à criação, Herdade da Malhadinha Nova apoio


 [Espetáculo promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]


Evento com serviço de BABYSITTING para mais informações e/ou inscrição consulte aqui