Sb 28 Mar 21H30
Sb 04 Abr 21H30

PASSE GERAL S.I.R.E.N.E.S. | 13€

BILHETE SINGULAR [1DIA] | 8€

BILHETES À VENDA NO LOCAL, NA LOJA DE DISCOS WAH WAH (NO MERCADO NEGRO - AVEIRO) E ONLINE EM WWW.PLATEIA.PT

FESTIVAL S.I.R.E.N.E.S.

SOLUES IRREVERENTES REVELAM AO ESPECTADOR NOVOS ESTILOS SONOROS
[Comprar bilhete] [Enviar a um amigo]
.

O regresso deste festival depois da edição de estreia de 2008 (marcada com a presença de grupos como Deolinda, Tucanas, Couple Coffee ou Jacinta), que visa ser uma mostra de sonoridades singulares, inovadoras e irreverentes no panorama artístico.

O Festival terminará com uma sessão dos Djs Rui Silva e JP Ferreira no Bar CTE com o projecto Dubble Dong (que é um tema de Rub’n’Tug tocado muito lentamente…) e o Dj Set Diggin` In The Grooves.

SÁB 28 MAR 21H30
RITA REDSHOES

SLIMMY [ACÚSTICO]

[myspace rita redshoes
[
myspace slimmy]

Depois do projecto Atomic Bees, a também teclista membro da banda de David Fonseca, Rita Redshoes revela-nos o renascimento do seu imaginário musical, que desperta um mundo de sonhos onde a realidade da sua voz nos embala e nos transporta através dum caminho mais maduro, sólido e surpreendente. Dream on Girl é a sua primeira afirmação: apresentado pelo projecto Novos Talentos – FNAC 2007.
A artista foi nomeada para os prémios MTV, e o seu primeiro trabalho de originais, foi considerado pela critica como um dos melhores álbuns de 2008.

Aliando um visual irreverente com um estilo de música viciante, Slimmy é um dos grandes fenómenos actuais da música Portuguesa.
O álbum de estreia, Beatsound Loverboy, considerado pela crítica como um dos melhores trabalhos editados em 2007, apresenta temas como Bloodshot Star, escolhido para a série televisiva C.S.I. Miami, ou Self Control, genérico do programa de resumos da liga inglesa de futebol na Sky Sports. Também em Portugal as suas músicas têm acompanhado as séries Morangos com Açúcar e Rebelde Way.
Recentemente nomeado para o MTV Best Portuguese Act 2008, Slimmy apresenta agora o seu novo espectáculo em formato acústico onde "visita" as músicas do seu álbum de estreia bem como alguns temas de outros artistas internacionais, que preenchem o seu imaginário musical...

SÁB 04 ABR 21H30
BUNNYRANCH
OLD JERUSALEM
MAZGANI
JOÃO CORAÇÃO

[myspace bunnyranch]
[
myspace old Jerusalem]
[myspace mazgani]
[myspace joão coração]

Em 2008 os Bunnyranch lançaram um ou dois álbuns...? Ou será um 2 em 1? Em Abril saiu o lado A, nascido na América. Os Bunnyranch gravaram o lado A deste álbum ao qual deram o título Teach us lord..., nos Hed Studios em Nova York, onde o tempo é uma incógnita e os computadores não fazem milagres, e contaram com a co-produção de Mr. Ivan Julian, o senhor guitarrista de bandas como Richard Hell & the Voidoids, The Clash, The Outsets, Osaka Popstar... ele estava cá no princípio e continua a estar... e de que maneira. O resultado? Não poderia ter sido melhor! Como alguém disse " a razão conduz-se na história".
Quem melhor que este senhor, que às seis da manhã ainda anda aos saltos numa mesa de mistura, para trazer aos Bunnyranch a essência de quase quarenta anos de Rock`n`Roll? Destaca-se também neste lado A, a versão de Zeca do Rock, o tal do primeiro yeah em português, no tema de 1961 Sansão foi Enganado, à qual o próprio respondeu como tendo adorado.
Teach us lord... How to wait até Setembro, altura em que saiu o lado B deste disco, só que desta feita sob o comando britânico de outro senhor que dá pelo nome de Boz Boorer, guitarrista dos Polecats, e actual guitarrista e director musical de Morrissey, o mesmo que fundou a legião dos Cramps em Inglaterra em 1981! Será então um outro lado dos Bunnyranch?
A partir de agora é só aprender a esperar pelo concerto integrado no Sirenes a 4 de Abril de 2009 no Cine-Teatro de Estarreja!

Old Jerusalem conta já com três álbuns gravados entre 2003 e 2007. O seu primeiro trabalho foi April, lançado em 2003 e aclamado pela imprensa portuguesa, ao qual se seguiu Twice the Humbling Sun que em 2005 foi considerado o melhor disco do ano pela revista Blitz e pelo jornal Público. The Temple Bell foi o seu último álbum, lançado no ano de 2007 e o qual tem vindo a promover.

Mazgani
é o segundo nome de Shahryar, um songwriter que lançou o seu primeiro álbum, Song of the New Heart, em 2007. Em 2005, Mazgani havia sido seleccionado pela prestigiada revista francesa Les Inrockuptibles como um dos novos artistas mais promissores da Europa. No mesmo ano, vence o festival Termómetro Unplugged. Mazgani tem tocado por todo o país, tendo feito as primeiras partes de grandes artistas internacionais como Kurt Wagner (Lambchop), The Editors, The Devastations ou os Spoon, nas maiores salas de espectáculos do país.

É muito difícil definir a música de João Coração assim como acreditamos ser difícil definir o próprio artista. João Coração é um novo escritor de canções Português e Nº1 - sessão de Cezimbra é o disco com que acaba de se estrear. Perfilha o mesmo bucolismo acústico que noutras paragens e noutros tempos Nick Drake ou Leonard Cohen celebraram. Por cá, no que à música popular Portuguesa diz respeito, suspende-se num tipo de celebração da natureza mais poética das coisas comungada entre gerações por figuras tão distintas como Fausto ou Cama.

O Festival terminará com uma sessão dos Djs Rui Silva e JP Ferreira no Bar CTE com o projecto Dubble Dong (que é um tema de Rub’n’Tug tocado muito lentamente…) e o Dj Set Diggin` In The Grooves.