Programao em bom portugus no Cine-Teatro de Estarreja

 


ABR | MAI | JUN
CTE AUDITÓRIO | BAR

Osso Vaidoso, Carminho e Algodão são alguns nomes que chegam ao Cine-Teatro de Estarreja nos meses da Primavera. A norte-americana Kaki King inclui a sua mini-digressão neste espaço cultural já em abril.

As comemorações da Páscoa percorrem os primeiros dias de abril e o Cine-Teatro de Estarreja (CTE) prepara um concerto alusivo à data, juntamente com a Banda Visconde de Salreu. "Requiem de Mozart", inspirado no Requiem em Ré menor KV 626 do compositor austríaco, faz-se ouvir, no dia 7 de Abril, pelas 22 horas, no auditório do CTE, com arranjos do maestro Afonso Alves.

Uma semana depois as atenções viram-se para o bar do CTE, onde os ex-Tristes Tigres Ana Deus e Alexandre Soares mostram os temas que compõem o novo projeto que os voltou a unir. A dupla é, agora, Osso Vaidoso e apresenta, a dia 13 de Abril, o álbum “Animal”.

A 14 de Abril, é a vez de Kaki King subir ao palco do CTE. A cantora e guitarrista americana - primeira mulher a ser distinguida com o prémio Guitar God, da revista Rolling Stone -, mune-se do seu mais recente álbum Junior para uma mini-digressão que tem o seu epílogo no auditório do CTE.

Em Maio, é a vez de Carminho (5 de Maio) atuar no CTE, com "Alma", o novo trabalho da fadista lançado em março deste ano. Uma viagem que conduz até às tabernas de Alfama ou do Bairro Alto, no tom da saudade.

No último sábado de maio (dia 26), "Uma Falaciosa Noção de Intimidade", o primeiro disco de Algodão - nome artístico de Carlos Nobre (ex-Pacman, vocalista e letrista dos extintos Da Weasel) -, chega ao CTE, depois do seu lançamento em setembro do ano passado. "Spoken word" é uma vertente em evidência em "Uma Falaciosa Noção de Intimidade".

Junho é mês de Festim. A 4.ª edição do Festival Intermunicipal de Músicas do Mundo tem lugar cativo no CTE e importa nomes provenientes de países como a Rússia, Finlândia e Inglaterra. Os primeiros a chegar são produto nacional e chamam-se Gaiteiros de Lisboa (8 de Junho). Um grupo de sete poli-instrumentistas que fazem uso da música tradicional. O concerto insere-se nas Festas de Santo António, da Cidade e do Município de Estarreja.

O Festim prossegue, a 16 de Junho, com Huun-Huur-Tu e o típico "throat-singing" (canto gutural) de Tuva (Rússia); a 29 de Junho, a pujança acordeonista levada a cabo pelo finlandês Kimmo Pohjonen; e, por último, Blowzabella, a 6 de Julho, com música e instrumentos de inspiração celta. Os quatro cantos do mundo convergem, assim, no CTE.


Artes performativas em abril e junho
Dentro das artes performativas, o destaque vai para duas produções teatrais. "Play, The Film", de Cão Solteiro e André Godinho, estará, no dia 21 de abril, em cena no Cine-Teatro de Estarreja. A partir do clássico cinematográfico "The Great Gabbo", constrói-se, ao vivo, uma encenação daquele filme. Ao mesmo tempo que as imagens da história do ventríloquo mais conhecido de sempre são projetadas na tela, os atores criam o som das cenas e a dobragem dos personagens, falas e canções. Tudo isto com um elevado grau de humor.
Entretanto, em Junho, Lídia Franco traz ao CTE "Óscar e a Senhora Cor-de-Rosa" (23 de Junho). Um monólogo onde a atriz interpreta os papéis de Óscar (criança com leucemia) e de Senhora Cor-de-Rosa (voluntária na área de pediatria do hospital), numa interpretação repleta de densidade psicológica.


Projecto Educativo do CTE com propostas para várias faixas etárias
O Projecto Educativo do Cine-Teatro de Estarreja continua a crescer e, para o terceiro trimestre de 2012, este trabalho educacional disponibiliza propostas que não se destinam somente a crianças, mas a toda a comunidade.
Abril é o mês da Páscoa e é, também, sinónimo de liberdade nacional, já que há 38 anos, no dia 25 de Abril, concretizou-se uma revolução onde o povo português se uniu pela necessidade de mudar. É no contexto da Revolução dos Cravos que surge o documentário “Linha Vermelha”, em exibição no CTE um dia depois da estreia nas salas comerciais nacionais. Com uma sessão dedicada a alunos do 9.º ano e Secundário, "Linha Vermelha" revisita o documentário “Torre Bela”, do alemão Thomas Harlan.
O Projecto Educativo do CTE propõe, também, "A Nova Bailarina" (22 e 23 de Abril), de Aldara Bizarro, e "Enquanto o Meu Cabelo Crescia" (13 e 14 de Maio), ambos para crianças dos 6 aos 12 anos.
Finalmente, em Junho, dentro do Projeto Educativo do CTE surge uma performance plástico-sonora para bebés. Chama-se "Nana Nana" (24 de Junho) e conta com Carla Galvão e Fernando Mota, que se encarregam de embalar os mais pequenos até ao teatro, através da envolvência de muitos novelos de lã.