Canastres em cena no Cine-Teatro de Estarreja

Acolhimentos CTE


SEX 18 MAI 21H30
CANASTRÕES
Moncho Rodriguez texto e direção
Gracindo Jr., Gabriel Gracindo e Pedro Gracindo elenco
Daniela Duarte direção de produção
Sofia Lemos assistente de direção
Moncho Rodriguez e CCPL cenário e figurinos
Pedro Gracindo compositor
CTE | 1ª PLATEIA 15€ | 2ª PLATEIA E BALCÃO 12,5€
[10€ para grupos superiores a 4 pessoas]
90MIN. | M/12

Uma peça de teatro que serve de homenagem ao ator brasileiro Paulo Gracindo, interpretada pelo seu próprio filho e netos. Canastrões une Portugal e Brasil e chega ao Cine-Teatro de Estarreja no próximo dia 18 de maio.

Gracindo Júnior e os seus filhos, Gabriel Gracindo, Pedro Gracindo e Daniela Duarte, convidam o público a participar na celebração construída em torno do patriarca e conhecido ator brasileiro Paulo Gracindo, no ano em que este completaria 100 anos.

Canastrões foi o título escolhido para esta homenagem. O nome sugere sorte, mas também perícia e experiência. Com texto de Moncho Rodriguez, encenador e dramaturgo espanhol residente em Portugal, criou-se a ponte perfeita para atravessar o oceano que separa os dois países.

A parceria entre Portugal e Brasil na construção deste espetáculo ganha contornos óbvios pela presença que a família Gracindo tem há mais de 35 anos nas casas lusas. Desde 1977, com Gabriela, Cravo e Canela, que as telenovelas brasileiras aconchegam serões de muitas famílias portuguesas a partir do pequeno ecrã. Com essa mesma telenovela, Paulo Gracindo, falecido ator brasileiro que merece homenagem em Canastrões, chega a Portugal com a interpretação do Coronel Ramiro Bastos.

Outras personagens inesquecíveis fizeram parte da carreira de Paulo Gracindo em telenovelas que marcaram a televisão portuguesa como Roque Santeiro ou Rainha da Sucata.

A herança da representação passou para as gerações seguintes, nomeadamente para o seu filho, Gracindo Júnior, que faz parte do elenco desta peça. À semelhança do seu pai, Gracindo Júnior pertence ao legado que o Brasil trouxe para Portugal através das telenovelas. Do seu currículo contam-se cerca de 30 participações destacando-se a presença em Chiquinha Gonzaga (1999), Explode Coração (1995), Celebridade (2003) e muitas outras.

Canastrões junta todos estes nomes e memórias que podem ser apreciados ao vivo, sem a barreira da televisão. Um espetáculo da produtora Lowen, responsável pela digressão da peça em Portugal, vai estar em cena no auditório do Cine-Teatro de Estarreja na próxima sexta, dia 18 de maio, às 21h30.



Mais informações em:
http://www.cineteatroestarreja.com
http://www.facebook.com/cinestarreja
http://twitter.com/CTE__