CTE: Ricardo Ribeiro e Carles Benavent confirmados para o prximo quadrimestre

[ descarregar em .doc ]

O jovem fadista Ricardo Ribeiro e o baixista Carles Benavent, natural de Barcelona, são alguns dos nomes confirmados para a próxima temporada cultural do Cine-Teatro de Estarreja. Até ao final do ano, Miguel Araújo, Emmy Curl, Maria João e The Black Mamba também se incluem num programa que não esquece a dança e o teatro.

São 30 eventos (espetáculos, concertos, conversas e workshops) mais 15 sessões de cinema. Para o último quadrimestre do ano, o CTE apresenta uma programação mais equilibrada, com 30% do calendário reservado para projetos de artes performativas, e articulada com a restante atividade municipal. Verifica-se nesta agenda uma maior abertura ao público, com iniciativas como o Boca(s) de Cena que, no âmbito do Laboratório de Aprendizagem Criativa (LAC), permite um contacto de proximidade com os artistas num ensaio aberto.

Nuno Bastos (12 set.) marca o arranque da temporada, num concerto de MPB que estreia ao vivo o seu novo álbum “Recomeço”. Ainda em setembro, Miguel Araújo (27 set.) regressa ao CTE, desta vez com “Crónicas da Cidade Grande”. Dois concertos inseridos no programa do Festarreja’14 - Festa das Artes e da Juventude.

De xaile ou capa e batina, o fado é uma das principais formas de expressão musical do país. Alma de Coimbra (18 out.) recorda a saudade da canção de Coimbra e Ricardo Ribeiro (1 nov.) mostra como se elevou a uma das melhores vozes do fado masculino.

O mês de São Martinho fica marcado por mais uma edição do Estarrejazz, Festival de Jazz de Estarreja. Este ano o festival conta com um grande cartaz, composto por 6 concertos no auditório e dois no café-concerto, destacando-se a presença de Maria Joãoao lado da Big Band Estarrejazz (8 nov.) e do excecional baixista Carles Benavent (15 nov.) com o recente projeto “Un, Dos, Três…” num trio onde Roger Mas (piano) e Roger Blavia (percussão) o acompanham. Mário Barreiros QuartetoStandards and Other Songs TrioBig Band da Nazaré e Nuno Costa “Vespa Mundi”, no auditório, e Trio Pedro Nobre e BounceLab, no café-concerto, são os restantes nomes da 9ª edição do festival.

Com novo trabalho debaixo do braço, The Black Mamba (13 dez.) apresentam-se a Estarreja num concerto que viaja pela soul, blues e funk orientado nos temas “It ain’t you” e “I’ll meet you there”. “Deixem o pimba em paz” (27 dez.), com Bruno Nogueira e Manuela Azevedo, é um concerto de desconstrução, que mostra como fica a música popular portuguesa com arranjos de jazz e pop.

Novo espaço Café-Concerto

A rentrée do Cine-Teatro de Estarreja para mais uma temporada de programação cultural fica marcada pela renovação do espaço Café-Concerto, no 1º piso do edifício. Com nova imagem, maior conforto e horário alargado, este espaço volta a receber o circuito Outonalidades, este ano com os concertos de Emmy Curl (11 out.), Najla Shami (31 out.) e Tape Junk (28 nov.), todos eles com início às 22 horas.

Com uma dinâmica regular, o Café-Concerto do CTE reabre como espaço de encontro, agradável convívio e fruição cultural ao sabor de boa música e excelentes conversas.

Dança, teatro e novo circo diversificam a agenda

A abertura do mês de outubro fica a cargo das acrobacias de João Paulo Santos e Elsa Caillat que, com recurso a diversos aparelhos de circo como um mastro chinês, compõem o espetáculo “Abril” (3 out.), uma encomenda da CI Região de Aveiro para a Cultura em Rede.

No teatro destacam-se duas grandes comédias: “Táxis dos Nossos Dias” (25 out.), com Anabela, Ana Guiomar, Joaquim Nicolau, Sandra Faleiro e Rosa do Canto, e “40 e então?” (22 nov.), com Maria Henrique, Ana Brito e Cunha e Fernanda Serrano.

Fica no Singelo” assume-se como a versão contemporânea das danças e músicas tradicionais portuguesas. Da coreógrafa Clara Andermatt, o espetáculo estará em cena a 5 de dezembro, com um Workshop de Movimento Contemporâneo orientado pela própria coreógrafa às 18 horas de 3 de dezembro.

Com o Natal a chegar, a companhia espanhola Albadulake apresenta “Malaje” (20 dez.). Um projeto multidisciplinar onde o circo contemporâneo e o flamenco surgem de mãos dadas.

A comunidade volta a ser chamada

O trabalho do Cine-Teatro de Estarreja junto da comunidade tem vindo a ganhar corpo. Dentro dos pressupostos do LAC, a programação do último quadrimestre do ano inclui um projeto da companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora, que conta com a participação da comunidade local. Chama-se “Me Mó Ria” e desafia a população a recuperar memórias passadas e a interagir com elas através do teatro de objetos. A apresentação deste trabalho acontece a 19 de outubro, num espetáculo com “Casa dos Ventos” na abertura, também da companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora.

Orquestra dos Brinquedos” (16 nov.) é mais um espetáculo promovido pelo LAC para toda a família. Depois do trabalho nas escolas do concelho, a “Orquestra dos Brinquedos” sobe ao palco para, em conjunto com o público, descobrir sons de instrumentos não convencionais.



Conheça toda a programação cultural do Cine-Teatro de Estarreja
Consulte a agenda municipal sempre que quiser e onde quiser através da edição online