CTE: Carmen Souza, Andr Gago, Tiago Rodrigues e Diogo Infante para os primeiros meses de 2016

O Cine-Teatro de Estarreja já tem em mãos a nova agenda recheada de programação cultural para os primeiros três meses de 2016. São 20 espetáculos, 1 estreia nacional, mais 12 sessões de cinema e 10 apresentações dedicadas ao público escolar.

Em vésperas de Natal, é esta a surpresa que o Cine-Teatro de Estarreja (CTE) guarda no sapatinho. Prestes a alcançar 300 mil espectadores, o equipamento estarrejense continua a apresentar boa saúde cultural com propostas novas pensadas para cada público, nas diferentes áreas artísticas.

Além do ciclo Concertos Íntimos com Carmen Souza & Theo Pascal (30 jan.), Miguel Ângelo (19 mar.) e João Pedro Pais (21 mai.), o 1º trimestre de 2016 fica marcado pela estreia nacional de “Lobo Mau”, espetáculo de teatro de marionetas concebido pela Companhia Red Cloud em coprodução com o CTE. O projeto, para maiores de 6 anos, será apresentado pela primeira vez dia 6 de março, numa sessão dedicada a famílias.

Outro destaque tem Diogo Infante e Alexandra Lencastre como protagonistas. “Plaza Suite” (27 fev.) é a bem humorada peça de teatro que volta a juntar os dois atores para falar sobre amor e desgaste conjugal. Com encenação de Adriano Luz, a peça do americano Neil Simon circula pela primeira vez nos palcos portugueses.

Também em fevereiro, depois da festa do Carnaval de Estarreja, Ricardo Azevedo, fundador dos EZ Special, apresenta o seu novo trabalho a solo num concerto apimentado pelos grandes êxitos que pautaram cerca de 15 anos de carreira. Em exclusivo no CTE, dia 19 de fevereiro, Ricardo Azevedo faz-se acompanhar pelo Quarteto de Cordas do Conservatório de Música de Aveiro de Calouste Gulbenkian.

O novo espetáculo de Nilton é outra das confirmações para março, pintando o cartaz do CTE com as cores animadas do stand up comedy. Pioneiro do stand up comedy em Portugal, Nilton descobriu o conceito com o ator norte-americano Robin Williams e, há quase 20 anos, não deixa de surpreender os portugueses com a sua irreverência.

Café-Concerto vive de música

Em 2016, The Galway Band (9 jan.) inauguram a programação do espaço situado no 1º piso do CTE, com música de inspiração celta para festejar a chegada do novo ano.

Ainda em janeiro, no dia 16, o ator André Gago apresenta o espetáculo “A Flor do Lácio”, cantando e revisitando poetas da língua portuguesa ao lado dos músicos Carlos Mil-Homens, João Penedo e Gustavo Roriz.

Por sua vez, Ricardo Antão, Sandro Andrade e Vasco Valente compõem o trio TRItono, em resposta ao desafio lançado pelo Município de Estarreja a vários artistas do concelho. O concerto de TRItono (17 jan.), com entrada gratuita, pertence ao espólio da exposição coletiva “pastiCidade”, que comemora o 10º aniversário da Elevação de Estarreja a Cidade. O roteiro da exposição que reflete sobre Estarreja, patente até dia 26 de janeiro em vários espaços municipais, passa agora no CTE co estes músicos a revelar um importante produto cultural concelhio: as Bandas Filarmónicas.

O cartaz do Café-Concerto do CTE completa-se com a presença de João Só, dia 24 de março, numa aparição a solo onde o badalado músico apresenta o álbum “Até que a morte nos separe”.

Tiago Rodrigues coreografa para a Companhia Instável

Assim, tipo… dança contemporânea” dá nome ao espetáculo que o encenador Tiago Rodrigues coreografou para a Companhia Instável e que chega ao palco do CTE no próximo dia 22 de janeiro. Bruno Alexandre, Diletta Bindi e Liliana Garcia (vencedora da última edição do programa televisivo “Achas que sabes dançar?”) são os bailarinos que compõem o elenco de um espetáculo carregado por boas doses de ingenuidade e ironia. Mafalda Deville deu assistência aos ensaios e, dia 19 de janeiro, orienta um workshop de repertório, destinado a bailarinos e estudantes de dança.

Apurar sentidos culturais

Além da estreia nacional do espetáculo “Lobo Mau”, a programação inserida no LAC - Laboratório de Aprendizagem Criativa contempla espetáculos para escolas como “Danças a Nascer” (12 a 14 jan.), de Maria Belo Costa e Raquel Fradique, e “Ulisses - de volta à Casa Partida” ( 24 a 26 fev.) de Carla Galvão, Cláudia Andrade e Mafalda Saloio. O workshop de dança e repertório com Mafalda Deville é outra atividade promovida no âmbito do LAC, sem esquecer a oportunidade de conhecer o processo de fusão musical de Carmen Souza e Theo Pascal. A cantora de origens cabo-verdeanas, considerada uma das grandes revelações na world music e jazz europeu, e o talentoso baixista português dão a conhecer o seu background e a forma como constroem a sua música numa masterclass agendada para o dia anterior ao concerto, ou seja, dia 29 de janeiro.

Em 2014, o Município de Estarreja criou o LAC, rede que abraça os projetos educativos dos vários equipamentos municipais, com o objetivo de continuar a captar, formar e fidelizar públicos, trabalhando com a comunidade e tendo sempre presentes os princípios da Educação pela Arte e da Aprendizagem ao Longo da Vida.

Star Wars no primeiro domingo de janeiro

O cinema no CTE continua a somar cada vez mais adeptos. De 2014 para 2015 o público de cinema cresceu 76%, passando de uma média de 97 pessoas por sessão, em 2014, para 151 pessoas por sessão, em 2015. O cinema digital foi o grande impulsionador deste aumento, permitindo um cartaz de filmes mais atual. A estreia nacional de “Star Wars: O Despertar da Força” foi no passado dia 17 de dezembro e o filme já tem sessão marcada para o grande ecrã do CTE. Dia 3 de janeiro, às 17h00, a continuação da saga A Guerra das Estrelas promete uma grande viagem espacial. No mesmo dia o CTE exibe “Hotel Transylvania 2” para todas as famílias.

Toda a programação cultural do CTE para o primeiro trimestre de 2016 encontra-se disponível em www.cineteatroestarreja.com. Os bilhetes para todos os espetáculos já se encontram à venda na Bilheteira do CTE, no site da Bilheteira Online, lojas Fnac, CTT e El Corte Inglés.